A pecuária de leite se encontra em um momento de transição, deixando de ser um modelo extrativista e se tornando uma pecuária competitiva. Por isso, está tendo que produzir de forma eficiente, com um custo mais baixo. A eficiência influencia diretamente na produtividade do rebanho, por conta de fatores nutricionais, sanitários e problemas na identificação do cio. Tais problemas no ciclo produtivo de uma vaca de leite contribuem para o atraso no retorno à atividade ovariana após o parto, além de causar um período maior de serviço e de intervalo entre o parto, redução no período de lactação e uma produção menor de bezerros por ano. Consequentemente, os cursos com a produção são elevados.

Para evitar problemas como esse, as Fazendas Reunidas HD te ensinam como reconhecer o ciclo produtivo de uma vaca leiteira. Confira!

Como acontece o ciclo produtivo de uma vaca?

Para que os padrões ideais de eficiência produtiva sejam obtidos, o ideal para o ciclo produtivo de uma vaca é que o intervalo entre os partos seja de 265 dias (12 a 12,5 meses). Para que isso aconteça, é possível observar que, para um período de gestação de 284 dias (9,5 meses), o período de serviço deve ser de 81 dias. Nesse caso, as vacas apresentarão um parto por ano, o que é uma meta muito difícil, até nos melhores sistemas de produção de leite.

Entendendo o período de serviço

O período de serviço é um momento importante do ciclo produtivo de uma vaca leiteira, que antecede a próxima fecundação, ou seja, é o período entre o parto e a próxima fecundação. Ele é dividido em período puerperal (PP), quando acontece a involução uterina, ou seja, a recomposição do sistema genital, principalmente do útero, e o serviço (S) propriamente dito, quando o touro está cobrindo a fêmea.

Problemas durante o parto ou mesmo de nutrição podem prejudicar de maneira severa essa fase do ciclo produtivo de uma vaca. A importância do período de serviço é fundamental para garantir a lucratividade da fazenda, pois, quanto maior for o período de serviço, maior será o intervalo entre os partos.

Uma fazenda em que o período de serviço é maior que 60 dias, possivelmente possui um manejo pós-parto deficiente. A medição desse índice é importante porque é dele que depende o intervalo de partos, que é um fator fundamental para indicar a eficiência reprodutiva do rebanho de leite.

Entendendo o intervalo entre os partos

O intervalo entre os partos é uma das fases mais importantes ligadas à reprodução. Ele é dependente de todas as práticas e manejo, seja nutricional, reprodutiva ou sanitária. Quanto maior for o intervalo entre os partos, menor será a produtividade da vaca, gerando prejuízos, pois diminui a eficiência do rebanho.

Com isso, muita atenção deve ser dada à recuperação do parto, bem como à alimentação antes e depois dele e, à utilização de touros reprodutores saudáveis. Esses detalhes interferem de forma direta no ciclo produtivo de uma vaca.

Com o nascimento do bezerro ou bezerra, a vaca produz leite e garante a continuidade do rebanho. Mas, para chegar a isso, a vaca recebe uma série de cuidados, com uma rotina bastante particular. Quando ocorre uma desmama precoce, é necessário que um bom concentrado seja oferecido à novilha, para que não ocorra diminuição na performance.

como é o ciclo produtivo de uma vaca?

Se você está buscando por vacas de leite a venda, que sejam de uma procedência de qualidade e que foram manejadas da maneira correta para garantir um ciclo produtivo de qualidade, entre em contato com as Fazendas Reunidas HD. São mais de 35 anos de tradição na venda de gado leiteiro. Entre em contato conosco e adquira um de nossos animais. Aguardamos por você.

Links úteis:
gado de leite;
gado girolando;
gado leiteiro a venda.